Buscar
  • Dr. Diogo Pazello

Quem tem varizes pode viajar de avião?

Sim pode. 😊 Mas é importante que a pessoa portadora de varizes lembre-se de tomar alguns cuidados, para que não haja complicações.



Viagens longas são as que mais necessitam de atenção. Ficar muito tempo sentada pode diminuir a circulação venosa; essa diminuição em uma pessoa com varizes é ainda mais significativa, aumentando o risco de trombose venosa profunda.


Atenção para circulação venosa nos membros inferiores - segue algumas dicas para quem for viajar:

- procurar caminhar pelo corredor sempre que possível (pelo menos de hora em hora);

- conversar com a aeromoça e informar sua condição.


Uma outra dica é sentar-se no banco do corredor para facilitar o acesso.



Faça exercícios para a panturrilha enquanto estiver sentada. A cada 30 minutos faça o movimento de “pisar no acelerador” pelo menos 20 vezes em cada perna (use o despertador do celular - modo vibração - para lhe ajudar a lembrar). A panturrilha é o “coração da perna” e esse movimento ajuda a bombear o sangue para cima (retorno venoso).



Evitar dobrar as pernas ou cruzá-las, isso prejudica ainda mais o retorno venoso.


As meias compressivas costumam ajudar bastante, diminuindo os sintomas de peso e inchaço nas pernas após a viagem e ainda previnem a trombose venosa profunda. Em algumas situações é indicado o uso de anticoagulantes como uma prevenção adicional. Converse com seu médico vascular para saber qual a melhor prevenção para o seu caso. Atenção! O uso errado desse tipo de meia pode causar mais danos que benefícios.



Se for uma viagem planejada, o ideal é tratar as varizes anteriormente, a maioria dos procedimentos de tratamento tem uma recuperação rápida e assim você pode aproveitar melhor a sua viagem!



Dr. Diogo Pazello

Especialista em Cirurgia Vascular e Endovascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV)

79 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo